Blog Papo de Buteco: Fique por dentro!

Em homenagem aos Italianos, que tal uma receita butequeira? Se prepara para a receita do petisco realizado pelo bicampeão Bar do Jão em 2018!

Situado no tradicional bairro da Penha desde 1994, em São Paulo, o incrível Bar do Jão conta com um ambiente aconchegante, descontraído, amigável e bem familiar. O “Bar do Jão é tradição”, como costumam dizer. E bota tradição nisso, o bar é conhecidíssimo pelo bom atendimento, pelos deliciosos petiscos, bebida gelada, por ser um  bairrista de primeira e muito recomendado pelos seus frequentadores. Afinal, não é à toa que chegou ao bicampeonato do nosso concurso em SP!!


Cheio de histórias, cultura e muito sabor butequeiro, o início do Bar do Jão se deu com o seu Jão, pai de Alexandre. Um legítimo português que saiu da famosa Ilha da Madeira para explorar o mundo e acabou por tentar a vida em nosso país. Já aqui no Brasil, encontrou Dona Arminda e seu Carolino, que o ajudaram a se firmar de vez aqui em São Paulo e o marcaram desde então como família. Tanto que o petisco campeão de 2017, o singular “Bacalhau da Dona Arminda” foi realizado em homenagem ao casal que preparava o saboroso bacalhau! Muito amor, muita história, isso que é buteco!


Entre todos os itens do cardápio, a coroa vai para a tradicional Feijoada do seu Jão, servida em cumbucas de barro borbulhantes todas as quartas e sábados. Mas além dessas delícias, claro que o cardápio se estende a muitos pratos e iguarias portuguesas, como alheiras, bolinhos e, principalmente, os petiscos vencedores “Bacalhau da Dona Arminda”, de 2017, e o inigualável “Entre um queijo e outro, que tal um filézinho?”, de 2018.


Falando sobre os petiscos campeões, o “Entre um queijo e outro, que tal um filézinho?” foi inspirado pela Itália e seus imigrantes que se encontram aos arredores da Zona Leste Paulistana. O Alexandre, que atualmente toca o buteco herdado de seu pai, destaca muito sua descendência europeia nos pratos, pois representa a origem do bar e de sua família!


Mas quando ouvimos a história de um buteco/petisco, como todo butequeiro, nós queremos a receita. Por isso, corra pra pegar o seu caderninho, uma caneta e se prepara para aprender mais um petisco incrível e desta vez em homenagem ao dia dos Imigrantes Italianos. ATENÇÃO, porque vem aí A RECEITA DO CAMPEÃO DE SP:

Dá play e já separa os  INGREDIENTES:

Fonte: Globo Play e @bardojaoetradicao

* 6 mini pães semi-italiano
* 500 gramas de creme de leite fresco
* 50 gramas de queijo tipo mussarela
* 1 kilo de filé mignon cortado em tiras (finas)
* 200 gramas de requeijão cremoso
* 50 gramas de queijo tipo parmesão
* 150 gramas de queijo tipo gorgonzola
* 4 dentes de alho
* Meia cebola cortada
* Temperos à gosto (orégano, sal, pimenta branca, pimenta preta e azeite)

Agora vamos ao que interessa, o MODO DE PREPARO e para dar um gostinho de mestre cuca um GIF do petisco sendo preparado pelo Alê ❤

Comece sua receita batendo todos os temperos escolhidos, a cebola picada e o alho no liquidificador, até ficar com uma consistência pastosa. Feito isso, tempere as tiras de filé mignon e, em uma frigideira pré-aquecida, sele a carne e reserve-a.
Em seguida, na mesma frigideira, coloque o creme de leite fresco, o parmesão, a mussarela, o requeijão e o gorgonzola, aquecendo-os até todos os queijos mencionados derreterem e ficarem cremosos. Depois junte o filé mignon ao molho de queijos e aqueça por mais 5 minutos.
Para finalizar o prato, pegue o pão semi-italiano e retire a tampa da sua extremidade, assim como o miolo do pão – deixe-o similar à uma cumbuca. Feito isso, coloque o molho juntamente às carnes recheando totalmente os pães com uma camada de molho extra no topo. Leve-os ao forno para gratinar por 7 minutos para gratinar.
Separe pratinhos para enfeitar e está pronto seu próprio “Entre um queijo e outro, que tal um filézinho?”!

Foto por @viagenscomidas

Quem é de São Paulo, ou pretende dar uma passada pela capital, não pode deixar de passar bem ali na Penha, Zona Leste de São Paulo, para prestigiar e entender de verdade porque o Bar do Jão levou o título nacional em 2017 e se consagrou Bicampeão da cidade em 2018! Aqueles que já foram e provaram o petisco “Entre um queijo e outro, que tal um filézinho?” nos digam nos comentários o que acharam!

Informações do bar:
  Bar do Jão
Petisco:  Entre um queijo e outro, que tal um filézinho?
Endereço:  R. Antônio Lobo, 33 – Penha
Horário de funcionamento:  Segunda a Sábado 17h às 23h

Imagens usadas na matéria foram retiradas do Instagram @bardojaoetradicao.

Leia Mais →

Transformações de Vida rumo ao #ComidadiButeco20anos: Bar do Dedinho!

Enquanto esperamos a chegada do #ComidadiButeco20anos, continuamos com a nossa saga de transformações de vidas que nosso concurso teve o prazer de vivenciar e lhes apresentar! Dessa vez, iremos apresentar outro veterano, algum palpite para qual buteco será?


Como muitos sabem o nosso concurso tem uma imensa trajetória na valorização da cozinha regional de raiz e a partir da boa comida transformamos a vida de muita gente, e esse foi o caso do Alysson Alexandre da Silva, famoso Dedinho!

Foto por @dedinho_alysson

Localizado em Beagá, o Bar do Dedinho, vivenciou grandes mudanças após seu início no Comida di Buteco desde 2008. Segundo o Alysson, o concurso trouxe um crescimento inesperado e que possibilitou diferentes evoluções na estrutura do bar, na sua vida e de seus funcionários.
Um dos principais feitos nas ampliações de seu buteco e que Alisson gosta de ressaltar, é a rampa de acesso aos deficientes físicos, um de seus vários diferenciais.  #FicaADica

Click do @leojrsilveira numa visita incrível ao Bar do Dedinho.

No decorrer dos incríveis 12 anos de vida do Bar do Dedinho, completados agora em 10 de Janeiro, Alysson destaca que assim como ele, muitos de seus funcionários também tiveram grandes conquistas, desde realizações do sonho da casa própria à garçons que se tornaram gerentes.  Mas, entre tantas mudanças, uma coisa nunca muda: Quem chefia e toma conta da cozinha é a mãe do Dedinho!
Inclusive o “?Quase sem querer?”, petisco apresentado pelo Bar do Dedinho na edição passada, foi uma das criações da Dona Lia e era uma maravilha composta por bife ancho na chapa com molho de queijo e alho poró, servido com legumes al dente e dadinhos de tapioca recheados com queijo acompanhados do molho especial da casa! <3

Essa delícia aqui da foto do @bh_buzz, caso você não lembre:

Entre as diversas curiosidades que o nosso concurso trouxe para o Dedinho, algumas delas vão além da imaginação, pois já foram  2 recordes de vendas batidos em sequência!

Vídeo do @dedinho_alysson

Para fechar, convidamos vocês butequeiros a visitar esse amado buteco veterano do Comida di Buteco em BH e conhecer mais sobre a história do Bar do Dedinho com ele mesmo, enquanto esperamos a próxima edição, assim como a turma do @aleroveri fez!


Informações do bar: Bar do Dedinho
Petisco: ?Quase sem Querer?
Endereço: Av. Deputado Anuar Menhen, 231 – Santa Amélia
Horário de funcionamento: Terça a Sexta: 17h30 às 0h00, Sábado: 12h00 à 01h00 e Domingo: 12h00 às 00h.

Leia Mais →

Vem conferir o petisco “Terra a Vista” realizado pelo Bar Tuim, o buteco Tri-Campeão de Porto Alegre!

O Bar & Chopeira Tuim é um butecão com ÃO de verdade, daqueles bem clássicos  e tradicionais do centro de Porto Alegre. É impossível não descer a ladeira da rua General Câmara reparando no simpático estabelecimento e não parar pra petiscar rs. Confira o close do bar na visão da butequeira @bete.pita:

Entre suas variadas delícias, podemos encontrar bolinhos de bacalhau, lanches diversos e os queridinhos petiscos que os levaram ao título de campeões por três vezes na cidade, assim como, seus maravilhosos e reconhecidíssimos chopps.

MAAAAS, o petisco que trouxemos pra vocês é o recomendado “Terra a Vista” (essa delícia da foto acima tirada pelo @guiadolugarzinho). Preparado pela cozinheira do bar, que está por lá há mais de 40 anos e que “manja” da cozinha como ninguém.
O tira-gosto é composto por pedaços de moranga caramelada com camarão empanado e cream cheese, enfeitado com palha de alho poró e acompanhado de pimenta tailandesa. S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L, sem mais… Então, para você encantar sua família, amigos ou quem quiser com nossa receita, atenção e anota aí:

Ingredientes

  • 1kg Camarão
  • Farinha panko para empanar
  • Meia Moranga
  • Açúcar (à gosto para caramelizar)
  • Alho poró
  • Cream cheese
  • Pimenta sweet chili
  • Óleo para fritar

Cebolinha

Mais uma fotinho para inspirar na criação da receita:

  • Essa imagem incrível é do @iavaliei.

Modo de preparo

Comece temperando o camarão com sal e com demais temperos de sua preferência. Em seguida, realize o empanamento do camarão e frite-o em óleo bem quente (para isso, aqueça o óleo enquanto tempera o camarão #DicaButequeira).
Depois de fritar todos os camarões, corte a moranga em cubos de 2cm (em média, porque não precisamos de régua rsrs) e coloque o açúcar na frigideira para caramelizá-la. Em seguida, corte o alho poró em tirinhas para fritar no óleo até as raspinhas terem uma consistência beeem crocante.

Para a montagem do petisco, coloque a moranga como base e um pouco de cream cheese para segurar o camarão empanado que vem em seguida. Em cima do camarão empanado, coloque mais um pouco de cream cheese para segurar a palha de alho poró e a cebolinha. Para finalizar, acrescente a pimenta tailandesa (ao seu gosto) e tá pronto o petisquinho!

O tempo de preparo para a receita é em média de 1 hora com o rendimento feito pelo bar é de 6 peças, mas você pode realizar mais – dependendo do tamanho da moranga, dos cubinhos e da quantidade de camarões. Agora para motivar no preparo, a fotinho caprichada do @araldoneto:


Para nós, butequeiros de carteirinha, o petisco tem que ficar IGUAL, tá ok? Quem conseguir essa proeza (ou só brincar na cozinha e realizar a receita), publica a foto no Instagram com a hashtag #ReceitaCDB que comentaremos seu post… VALENDO! :)

Finalizamos com essa frase incrível presente no bar do André pela @milenebmorais_. Vale comentar também que o Bar Tuim é um ponto obrigatório de Porto Alegre há 77 anos, por tanto não perca tempo e aproveite para fazer uma visita a esse incrível local na capital gaúcha:

Informações do bar: Bar & Choperia Tuim
Petisco: Terra a vista
Endereço: Rua General Câmara, 333 – Centro Histórico
Horário de funcionamento: Segunda a Sexta das 11h às 20:30h.

Leia Mais →

Confira algumas curiosidades dos petiscos que já foram realizados no nosso concurso e descubra os favoritos!

Entre tantas petiscos e receitas, sempre nos deparamos com milhares de perguntas ao longo do nosso concurso no decorrer desses anos, tais como: Tem petisco vegetariano? Possui tema pra criar o petisco? Qual estilo de petisco é o mais comum? Dessa forma, resolvemos compilar alguns dados dos petiscos passados para listarmos algumas curiosidades para vocês se deliciarem e curtirem ainda mais profundamente o nosso concurso. Bora lá!

Formatos de petisco realizados no Comida di Buteco!

Possui alguma regra para as receitas? Qual é o estilo mais comum? Pra começar, o Comida di Buteco deixa a criação do petisco livre, dentro da temática que ele elege no ano, para os donos dos butecos e por isso sempre tem um ou outro tira-gosto que é o “diferentão” da edição. Mas uma curiosidade é que mesmo os bares tendo liberdade para criar, temos um limite de inscrições de receitas com alguns estilos mais comuns como “bolinhos” e “pastéis”, onde a validação máxima é 20% da base de bares por cidade. Enfim, eis uma pequena análise divulgada pelo G1 sobre os tipos de quitutes servidos no nosso concurso para a cidade do RJ:
– Bolinhos são o ponto forte de alguns butecos do concurso e correspondem a um quarto das receita;
– Cerca de um terço dos petiscos vem empratados e recomenda-se o uso de garfo e faca;
– Escondidinhos ou releituras de pratos rebuscados vem em terceiro lugar.

Os famosos INGREDIENTES!

Qual o ingrediente mais comum? Possui algum com carne de porco? Tem petisco vegetariano? Esse critério anda de mãos dadas com o anterior, uma vez que a criação dos tira-gostos é livre, desde que os donos dos bares criem algo que se enquadre na temática que norteia a receita do ano que pode haver ou não. Entretanto, junto ao pessoal do G1, compilamos alguns dados da edição passada para você ficar craque nas delícias do nosso concurso:
– A  carne bovina é a mais usada nas receitas, onde quatro a cada dez butecos a utilizam como ingrediente principal;
– Em segundo lugar temos a carne de peixe (principalmente o bacalhau), que corresponde a um quarto dos participantes;
– Para o terceiro lugar, temos a Carne de porco. Ela foi a estrela de 10 butecos para as receitas;
– Frango e mix de carnes ficam empatados em quarto lugar nas apostas para serem estrelas nas receitas e são representadas por 5 dos petiscos cada;
– Por fim, mas não menos importante, tivemos os petiscos de 2 bares que não utilizam nenhum tipo de carne nas receitas.

Dados da edição passada fornecidos por: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/comida-di-buteco-conheca-curiosidades-numeros-e-inutilidades-sobre-o-concurso-para-puxar-assunto-nos-bares-do-rio.ghtml

TEMA CONVIDADO

Como funciona o esquema de tema convidado no CDB? Quais ingredientes já foram indispensáveis? Vai ter item obrigatório nessa edição? A respeito desse assunto, nós buscamos incentivar cada butequeiro a pesquisar e criar algo que faça parte da sua essência, que faça parte da história do seu bar. Entre 20 anos de concurso, nós já utilizamos os mais diversos temas, como linguiça e/ou mandioca, frutas, cereais e até mesmo o TEMA LIVRE!
O bacana dessa brincadeira (séria) é justamente a necessidade da criatividade e diversidade nas receitas e lembramos que inovação é um “prato cheio” na hora de avaliar o petisco com a nota máxima, mas que o simples bem feito tem seu valor. Por isso, atenção as receitas dos tira-gostos nessa próxima edição… Já estão preparados?

Fiquem atentos às nossas matérias que aos poucos soltaremos mais curiosidades do CDB e dicas para a próxima edição! <3

 

Leia Mais →