Blog Papo de Buteco: Fique por dentro!

Entrevista com o vencedor do CdB Juiz de Fora – Bar do Abílio

É de se imaginar que um prato que leve fígado e jiló não tenha muito sucesso com a clientela, não é mesmo? Não é o caso com o público do Comida di Buteco, que elegeu o Bar do Abílio e seu Fígado com Jiló o campeão de Juiz de Fora, em 2011! Batemos um papo com o Abílio e ele nos explicou de onde veio a confiança para inscrever  esse prato, além de falar sobre o que está preparando para o ano que vem.

1) Conte-nos um pouco da história do bar. Em que ano foi montado, de onde surgiu a vontade de ter um bar e como foram os primeiros meses?

Como eu venho de uma família muito simples e sem recursos, com 24 anos eu abri o bar, na certeza que pra ter sucesso nesse mercado, não precisava ter uma cultura muito abrangente, só bons modos e muita delicadeza na hora de tratar os clientes. Desde 1969 o bar está no mesmo endereço. Começou só comigo, com uma estrutura precária, mas por causa dele eu já consegui criar minha família de duas filhas e netos. Hoje em dia, o bar já tem quatro funcionários contratados e ainda é rústico. Eu acho que não precisa ser um bar chique pra dar certo, tem é que funcionar.

2) De onde veio a ideia de inscrever o prato de Fígado com Jiló no concurso? São ingredientes que muitas pessoas possuem resistência de comer. Já era um petisco presente no bar, que o pessoal pedia?

O fígado com jiló existe desde que o bar abriu, em 69, e ao longo dos anos eu já incrementei umas três vezes. Foram sugestões de clientes, que traziam ideias de outras cidades. Durante o concurso, muita gente ainda tinha resistência ao prato, mas nós fizemos um trabalho de sugerir e divulgar aos clientes, né?! Sempre preparamos os petiscos com bastante carinho e acho que isso passa pra comida, porque as pessoas foram gostando, indicando pros amigos e as porções foram saindo bem.

Teve até uma senhora, que veio indicada por um amigo dela. Ela estava com bastante receio de pedir o prato, até brincou: “se fígado já é ruim, com jiló então…”. Mas ela experimentou e sabe o que aconteceu? Ela não só gostou, como acabou pedindo uma porção separada, só de jiló!


3) Este foi o primeiro ano de Juiz de Fora no concurso. Como está a rotina do bar, após vencer o Comida di Buteco? E para 2012, já tem planos?

O concurso foi muito bom, muito bom mesmo, para o bar. Tem gente que já chega pedindo o prato vencedor, e tem quem volte, pra comer de novo. Aumentaram os clientes, surgiram novos frequentadores, gente que retorna e traz os amigos… Já até contratei um novo funcionário.

Pra 2012, já estamos com um prato pronto, testando com os clientes. Chama “Puro sabor”, e leva mandioca cozida na margarina, carne seca acebolada, tomate cereja e alho torrado. O queijo, que é ingrediente principal pro ano que vem, a gente coloca fatiado no fundo da travessa, por baixo da carne seca, e junto da mandioca. O pessoal tem gostado bastante!